terça-feira, 29 de maio de 2018

178 caminhões com combustível já foram liberados no Paraná


Entre segunda-feira e esta terça-feira (28 e 29), 178 caminhões carregados com combustível foram liberados no Paraná, segundo a Coordenação Estadual de Proteção e Defesa Civil. 

São cerca de 5,3 milhões de litros. O número foi apresentado à governadora Cida Borghetti pelo grupo de trabalho na Casa Militar do Paraná, durante reunião no Palácio Iguaçu, em Curitiba. O grupo foi criado para discutir as questões relacionadas à paralisação dos caminhoneiros.

A liberação das cargas de combustível no Paraná, lembrou Cida, é resultado do esforço do Governo do Estado para diminuir os efeitos da greve. 

Na segunda-feira, ela se reuniu com lideranças dos caminhoneiros no Palácio Iguaçu para formalizar um acordo. “Com base no diálogo, chegamos a esse entendimento que permite o transporte de combustível em todo o Estado, e que beneficia os paranaenses”, disse Cida. 

Para minimizar os impactos do movimento dos caminhoneiros na vida dos paranaenses, desde a semana passada a governadora tem se reunido com lideranças e anunciado medidas.

A medida vale para todos os derivados do petróleo - gasolina, óleo diesel, querosene e gás de cozinha – e também o etanol.

CARGAS ESPECIAIS – Desde a sexta-feira (25), 2.137 veículos com cargas especiais, como insumos hospitalares, cargas vivas e produtos químicos, foram liberados para trafegar no Estado. Desse total, 90 precisaram de escolta policial. 

A liberação dessas cargas vem sendo negociada entre o Estado e os representantes dos caminhoneiros desde a quinta-feira (24).

Para facilitar a identificação desses caminhões, a Defesa Civil do Paraná distribuiu adesivos às secretarias estaduais, coordenadorias e ao setor produtivo. 

Os motoristas que desejam cadastrar seus veículos também podem solicitar por meio de um formulário do órgão (http://bit.do/adesivodc). Até agora, 300 registros com cargas prioritárias foram feitos.

No domingo (27), ela confirmou a diminuição e o congelamento da base de cálculo do ICMS que incide sobre o óleo diesel.

Com a mudança, a partir de 01 de junho, a base para calcular o imposto será de R$ 2,95 e o valor valerá por 90 dias. A redução é de R$ 0,25 sobre a base atual e deve representar uma queda de aproximadamente R$ 0,04 sobre o preço do combustível na bomba.

BLOQUEADAS – No Paraná, 60 rodoviais federais foram liberadas.

Da Redação/Maria Farias

Nenhum comentário:

Postar um comentário