terça-feira, 24 de abril de 2018

Professora leva adolescente para ser estuprada em troca de drogas em Foz do Iguaçu


Uma professora, servidora da educação em Foz do Iguaçu, norte do Paraná.

Entregou uma adolescente de 13 anos para ser estuprada por um traficante em troca de drogas. 

Ela é madrasta da menina e foi encaminhada para a Delegacia de Foz de Iguaçu.

Segundo a Polícia Civil, para enganar a adolescente, a mulher de 49 anos, mentiu que a levaria para fazer um lanche. 

Ao sair de casa, maquiou a vítima, dizendo que ficaria mais bonita. A caminho da lanchonete, a mulher mudou o trajeto e levou a menor até a casa do traficante, onde estavam alguns homens.

Um deles, de 21 anos, arrastou a menina para um dos quartos e a estuprou. A suspeita disse ao delegado que ficou do lado de fora da casa consumindo drogas. O caso aconteceu em um ponto de tráfico na região do Parque Ouro Verde.

Ao retornar para casa, a adolescente contou para o pai, que desesperado acionou a Polícia Militar (PM). Segundo ele, o casal não estava mais junto há alguns meses. 

O traficante abusador foi reconhecido pela adolescente e preso pela polícia.

A mulher presa foi servidora de carreira da prefeitura de Foz do Iguaçu, mas estava afastada das funções desde fevereiro deste ano. 

Segundo nota divulgada pela prefeitura, a direção do Centro Municipal de Educação Infantil em que ela trabalha denunciou a funcionária por desvio de conduta moral, ética e de caráter administrativo. 

Na nota, a prefeitura repudiou o crime.

Da Redação/Maria Farias


Nenhum comentário:

Postar um comentário