sábado, 28 de abril de 2018

Homem é baleado em ataque a acampamento pró-Lula em Curitiba


Um homem de 39 anos foi baleado após um ataque a tiros ao acampamento de apoiadores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em Curitiba, na madrugada deste sábado (28).

Jeferson Lima de Menezes foi atingido no pescoço, conforme a Polícia Militar (PM). 

Ele está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e seu estado de saúde é grave, de acordo com a Secretaria da Saúde do Estado do Paraná (Sesa), responsável pelo Hospital do Trabalhador, onde ele está internado.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Paraná (Sesp), as primeiras informações são de que um indivíduo a pé efetuou disparos de arma de fogo contra o acampamento.

Outro tiro atingiu um banheiro químico os estilhaços feriram uma mulher, sem gravidade, no ombro. Foram recolhidas cápsulas de pistola 9 mm.

A presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), Gleisi Hoffmann, afirmou em uma publicação na rede social que o acampamento foi alvo de um "atentado". O homem ferido pelo tiro, conforme ela, mora em São Paulo.

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está preso na Superintendência da Polícia Federal (PF), que fica no Santa Cândida, desde 7 de abril. 

Ele foi condenado a 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro, na Operação Lava Jato.

Depois de ser atingido, Jeferson foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Boa Vista, por volta das 4h30, onde ficou menos de uma hora, segundo a prefeitura.

Na UPA, foi sedado e entubado e, então, levado ao Hospital do Trabalhador.

Pela manhã, os manifestantes que se encontram acampados fizeram um protesto, por aproximadamente uma hora, por causa dos tiros que atingiram o acampamento.

Da Redação/Maria Farias


Nenhum comentário:

Postar um comentário